(11) 2769-1205
citrusbr@citrusbr.com 

Bom para quem produz, melhor para quem bebe
Bom para quem produz, melhor para quem bebe

 

Pesquisas da Unesp de Araraquara mostram que suco de laranja possui vitaminas e nutrientes que ajudam na prevenção de uma série de doenças

Conhecida popularmente como uma importante fonte de vitamina C, a laranja possui propriedades que fazem dela uma verdadeira “super fruta”. Isso é o que aponta uma série de estudos realizados por um grupo de pesquisadoras da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) de Araraquara. Nos últimos nove anos, o grupo investigou os efeitos de uma série de nutrientes, vitaminas e substâncias presentes tanto na fruta quanto no suco. Os resultados dessas pesquisas mostram que o consumo da laranja possui efeitos positivos na dieta de emagrecimento, além de ajudar no controle do colesterol, hipertensão e até na prevenção do câncer, entre outros. “Observamos que o consumo da laranja ou de seu suco traz uma série de benefícios para o corpo humano”, revela a prof. Dra. Thais Borges Cesar, responsável por coordenar os estudos.

O que as pesquisas mostram:

  • Prevenção do Câncer: O consumo de suco de laranja contribui para inibir a multiplicação de células cancerígenas.
  • Dieta de emagrecimento: O suco de laranja possui uma substância chamada leptina que ajuda a ativar a sensação de saciedade no organismo.
  • Efeito antioxidante: O suco possui propriedades antioxidantes naturais, que ajudam na redução do colesterol e na prevenção do stress oxidativo, relacionado a doenças cardiovasculares.
  • Efeito anti-inflamatório: A laranja possui compostos anti-inflamatórios que ajudam a inibir os danos causados pela obesidade, como a hipertensão e diabetes.
  • Hepatite C: Os flavonóides presentes na laranja ajudam a reduzir as lesões hepáticas, contribuindo com o tratamento da Hepatite C.
  • Intestino: O suco de laranja possuií efeito prébiótico, o que aumenta o nível de bactérias benéficas, que ajudam a melhorar o funcionamento do intestino.
  • Os estudos, aprovados pelo Comitê de Ética da Unesp, envolvem X pesquisadoras, entre alunas de mestrado, pós-doutorado e doutorandas. “Pesquisamos vários aspectos do suco e da fruta, e os resultados são muito animadores”, explica a Dra. Thais. Parte dos resultados dessas pesquisas será apresentado por ela durante o 7º Encontro de Especialistas em Obesidade, um dos principais fóruns de debate sobre essa doença, que acontece no mês de Outubro em Londres.

    + destaques >

    ^ topo